Ref. de Base / Regulação e Democratização da Mídia

Reforma e Democratização da Mídia

A luta pela democratização do setor ganhou novo fôlego na fase recente. A realização da 1ª Conferência Nacional de Comunicação foi um marco neste processo. Surgem vários fóruns que encaram esta luta como estratégica, e novas mídias ganham musculatura, com a multiplicação de veículos alternativos – como blogs, rádios e TVs comunitárias.

O texto da chamada acima, foi extraído do manifesto do Blog Barão de Itararé. Leia o manifesto clicando no botão vermelho.

Reforma nos meios de comunicação de massas tem um papel estratégico. O direito à comunicação é indispensável à cidadania e à democracia. É preciso combater a monopolização do setor, revisar os critérios de concessão para o setor privado, fixar mecanismos de controle social, rever os critérios públicos de publicidade oficial, fortalecer um sistema público de comunicação, multiplicar a

O texto acima é o Pto. 53 item (b) do Programa do PC do B Clik no botão vermelho e leia o Programa por inteiro.

Reformas Estruturais por um Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento

Comunicação insurgente, Web Guerrilha informativa contra os impérios midiáticos.

Belém - Pará -Amazônia - Brasil

radiodifusão comunitária, estimular a inclusão digital, estabelecer um novo marco regulatório. .Na luta pela democratização da mídia é preciso dar ênfase à defesa da produção e da cultura nacional, valorizando a diversidade regional e a produção independente; no processo de convergência digital, defender a produção nacional em face de tentativas de invasão estrangeira.

Z

Web TVs